top of page
Escrivaninha

Informação completa

Buscar

ASSEMBLEIA DO SINTEPP BELÉM DEFINE ATO NA SEMEC EM 1° DE FEVEREIRO



Reunidos em assembleia geral neste 24/01 trabalhadores e trabalhadoras em educação discutiram a situação da educação em Belém.

A assembleia contou com a presença do Dr Walmir Brelaz para informar sobre os Precatórios do Fundef de Belém, do movimento Convoca Semec buscando o apoio do sindicato na luta pelas nomeações e do Andes, sindicato nacional de docentes da educação superior solicitando que o Sintepp Belém contribuísse na reorganização do Fórum Paraense em Defesa da Educação Pública no Pará.


Sobre a ação dos precatórios do Fundef o advogado informou que não existe de fato nenhum ato de pagamento da dívida da união com Belém neste ano de 2024 e que cabe ao sindicato seguir exigindo da prefeitura sua manifestação na ação judicial. Todas as dúvidas dos presentes foram respondidas pela mesa e o advogado.



Sobre a pauta de reivindicações a coordenação enfatizou que a secretária Araceli Lemos, infelizmente, não respondeu ofícios reiterados do Sintepp Belém sobre a solicitação de reunião para tratar da pauta geral de pagamento do piso do magistério, realinhamento do salário mínimo, construção do PCCR unificado, gestão democrática, o Qualifica Semec, a nomeação de concursados da Semec e Semad; os direitos de carreira como licenças e aposentadorias; reforma nas escolas e se incorpora as condições para o início do ano letivo 2024. Mesmo a solicitação via Ministério Público ficou sem respostas da Semec de agendamento para reunião. Fato considerado lamentável e absurdo é que tem provocado indignação da categoria em eventos promovidos pela Semec.


A categoria avaliou esta situação entendendo que é necessário fortalecer a atuação do sindicato nas escolas e que cada membro da categoria, indignado com a falta de respostas e necessidade de acessar seus direitos sejam multiplicadores desta mobilização que precisa ocorrer e se fortalecer. Que não podemos aceitar calados e passivamente, no governo que ajudamos a eleger, a falta de diálogo e respostas. Que esperamos desde o início do governo o cumprimento dos compromissos firmados.

A assembleia definiu realizar um Ato na Semec no dia 01/02 às 9h com o objetivo de buscar respostas à pauta e convida o conjunto de nossa categoria a somar forças nesta luta.



Que reuniremos no fórum municipal de entidades para fortalecer a luta geral do funcionalismo buscando unificar para um ato geral diretamente na prefeitura de Belém. O fórum reuniu com a presidência do Ipamb para tratar sobre a questão previdenciária e nossa categoria reafirma sua posição de não aceitar aumento da alíquota diante da atual defasagem salarial.


Que a hora de virar o jogo em defesa de nossos direitos é agora.

Que exigir respostas no dia 1° de fevereiro é urgente.

Que nossa categoria está fazendo sua parte no dia a dia do trabalho na escola mas que o governo municipal nos deve o compromisso firmado de valorização e respeito. Que está na hora do prefeito Edmilson Rodrigues fazer as pazes com o funcionalismo público de Belém.


Vamos lutar para defender nossa valorização.

Coordenação do Sintepp Belém

48 visualizações0 comentário
bottom of page